FGTS Digital x Recolhimento via Pix: Sua empresa está preparada?

O Pix é o pagamento instantâneo do Brasil, o mesmo foi criado pelo Banco Central (BC), onde os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia (segunda a segunda). É prático, rápido e seguro. O Pix pode ser realizado a partir de uma conta corrente, conta poupança ou conta de pagamento pré-paga em uma das 734 instituições aprovadas pelo Banco Central.

O Pix foi criado para ser um meio de pagamento bastante amplo. Qualquer pagamento ou transferência que hoje é feito usando diferentes meios (TED, cartão, boleto, dinheiro e etc.), podem ser feitos com o Pix, simplesmente utilizando o aparelho celular ou no seu computador através internet banking.

O pagamento através do Pix tem a sua liquidação em tempo real, ou seja, o pagador e o recebedor são notificados a respeito da conclusão da transação no mesmo instante que é realizado.

Para maiores informações sobre o Pix, consultar as instituições aprovadas pelo Banco Central e/ou como criar o PIX para você e seu negócio, clique aqui. 

O Banco Central do Brasil, também tem um canal do YouTube que conta com uma série de vídeos sobre o PIX, ainda tem dúvidas, clique aqui e assista os vídeos.

Mas e o que o FGTS Digital tem a ver com o Pix? Porque minha empresa tem que estar preparada?

FGTS DIGITAL - Conheça o sistema — Português (Brasil)

Porque o FGTS Digital utilizará somente a tecnologia Pix como forma de recebimento dos valores devidos. Assim, será utilizado todos os recursos disponíveis nesta nova forma de pagamento, com mais agilidade, confiança e simplificação no processo. 

Ou seja, o Pix foi escolhido como forma de pagamento para os empregadores realizarem os recolhimentos de FGTS a partir do FGTS Digital. Os boletos gerados terão um QR Code para leitura e pagamento direto no aplicativo ou site da instituição financeira do empregador (com o copia e cola do Pix). 

Desta forma, com o Pix a liquidação será feita em tempo real – pagador e recebedor serão notificados da conclusão da transação.  Assim, o empregador irá pagar a GFD – Guia do FGTS Digital e em minutos o FGTS Digital será notificado deste pagamento e enviará a integralização do saldo do FGTS para a Caixa Econômica Federal, evitando assim, pagamento em duplicidade do FGTS do empregado, mais agilidade na atualização e composição do saldo e liberação do FGTS.  

Outra vantagem de utilizar essa tecnologia é que o pagamento pode ser feito em qualquer dia e horário. A arrecadação do FGTS poderá ser feita todos os dias do ano, inclusive nos fins de semana e feriados. A novidade se traduz em conveniência e minimiza possíveis esquecimentos e atrasos nos pagamentos. 

Já para os trabalhadores, o controle em tempo real possibilitará agilidade no depósito dos valores em sua conta vinculada, o que permitirá que ele acompanhe através do aplicativo “FGTS” e fiscalize o cumprimento desse direito. 

Então não deixe para a última hora, converse com sua instituição financeira e crie seu Pix, vai se familiarizando com esta nova forma de pagamento, porque o FGTS Digital está chegando!

(Com informações do FGTS Digital)


%d blogueiros gostam disto: